Oceanário de Lisboa festeja 20º aniversário com atividades para todos

26-05-2018

No âmbito da comemoração do 20º aniversário, o Oceanário de Lisboa convida todos os portugueses a participar nas atividades que irão decorrer durante o fim de semana de 26 e 27 de maio. Vão poder "mergulhar" no aquário central, participar nas atividades do Vaivém, conhecer a problemática do plástico no oceano, ou até disfrutar de um sunset com vista para o rio Tejo.

Para quem visitar as exposições, as atividades continuam (não acresce ao valor do bilhete): na exposição permanente, poderá esclarecer todas as questões sobre os animais do Oceanário junto dos educadores marinhos que lá se encontram; na exposição temporária poderá desenhar a sua própria floresta.

Todas as atividades são gratuitas.

A participação nas atividades que decorrem no interior do Oceanário requerem a aquisição de bilhete para as exposições.

PROGRAMA:

"MERGULHO" NO OCEANÁRIO

  • 26 e 27 de maio - das 11h às 18h
  • Esplanada D. Carlos I

Como será mergulhar no grande aquário central do Oceanário de Lisboa? Poder nadar com raias, tubarões, barracudas e até com o peixe-lua por entre os 5 milhões de litros de água salgada? Para a comemoração do 20º aniversário, o Oceanário de Lisboa decidiu dar aos seus visitantes a oportunidade única de poder simular um mergulho no aquário central, que poderá guardar ou partilhar com todos os seus amigos.

VAIVÉM OCEANÁRIO

  • 26 e 27 de maio - das 11h às 18h
  • Esplanada D. Carlos I

Nas atividades desenvolvidas no Vaivém, os participantes vão poder explorar o maior ecossistema do planeta, residência de mais de 238 mil espécies marinhas e onde há muito por revelar. Numa viagem de ida e volta para todos os tamanhos vão aprender que o oceano precisa de nós e como podem ajudar a combater uma das maiores ameaças que o oceano enfrenta: o plástico.

SUNSET COM ONDA

  • 26 de maio, das 16h às 19h
  • Jardim das ondas

Para terminar o dia da melhor forma, nada com disfrutar de um sunset com vista para o rio no jardim das ondas. O Sunset contará com a participação da DJ MaryB.

PLASTICOLOGIA MARINHA

  • 26 e 27 de maio - das 11h às 13h e das 15h às 18h (sessões 30 mins)
  • Salas de educação do Oceanário de Lisboa

Ao oceano chegam todos os anos, em media, oito milhões de toneladas de plástico, com um impacto enorme nas espécies e ecossistemas marinhos. Apesar do plástico ter uma variedade enorme de utilizações, de ser um material útil, duradouro e versátil e que contribui em muitos domínios para o bem-estar humano, é urgente alertar que o seu uso de forma descontrolada tem impacto negativo no planeta e no Homem. Por esta razão, é importante sensibilizar todos os públicos sobre a problemática do plástico no oceano e fornecer-lhes ferramentas para conseguirem minimizar o seu impacto a este nível. A sessão contempla a exploração do tema e a realização de atividades práticas, que incentivem à alteração de comportamentos.

«A MINHA FLORESTA»

  • 26 e 27 de maio - das 11h às 13h e das 16h às 18h
  • Exposição temporária - não acresce ao preço do bilhete

Com o objetivo despertar as suas emoções associadas às «Florestas submersas by Takashi Amano», pretende-se disponibilizar ao visitante uma ferramenta educativa,

que estimule a sua vontade de desenhar aquilo que observa no espaço expositivo e que o envolva na conservação da natureza. Propõe-se que o visitante complete um desenho feito pelo Pedro Salgado, conceituado ilustrador científico português. Este desenho foi propositadamente deixado incompleto e a desaparecer do papel, para que simbolicamente se faça uma analogia ao facto de também os rios e as florestas tropicais estarem a desaparecer do planeta. Tal como o mestre Takashi Amano, o visitante ao desenhar estará a "recriar e recuperar a natureza".

INTERAÇÃO EXPOSIÇÃO PERMANENTE

  • 26 e 27 de maio - das 11h às 13h e das 14h às 16h
  • Exposição permanente - não acresce ao preço do bilhete

Ao longo da visita à exposição permanente, vai-se poder desvendar todos os segredos das espécies mais emblemáticas que o habitam. Juntam-se 8000 animais e plantas de 500 espécies com sete milhões de litros de água salgada, acrescenta-se a voz de quem os conhece bem - os educadores marinhos, salpica-se com sentido de descoberta e curiosidade e embarca-se numa experiência imersiva que exalta todos os sentidos. Como se alimentam 8000 animais diferentes? Quantas vezes comem as lontras-marinhas e os tubarões? Quem cuida dos animais marinhos e dos seus habitats? Qual o animal mais peludo da Terra? Neste dia, o conhecimento e o deslumbramento andam de mãos dadas.