O meu bebé é (mesmo) intolerante à lactose?


No outro dia, num post no facebook, uma mamã pedia ajuda para sugestões de papas e bolachinhas sem lactose para o seu bebé de 6 meses com intolerância à lactose. Seguiram-se alguns comentários, alguns dos quais pela empatia que sentiram, visto também terem bebés com o mesmo problema: intolerância à lactose.

Confesso que fiquei intrigada, sabia de antemão que esta situação é extremamente rara em bebés, já que a lactose é um açúcar simples, encontrado exclusivamente no leite de mamíferos e obviamente o leite humano não é exceção.

Assim, se a intolerância à lactose fosse frequente em bebés, seria completamente contranatura e teria posto em causa a preservação da espécie humana, já que em teoria, antes do séc. XX e do aparecimento das fórmulas infantis sem lactose, não seria expectável que estes lactentes sobrevivessem. (1)

Decidi por isso investigar um pouco mais a fundo, não estivesse alguma coisa a escapar-me.

Existem diferentes tipos de intolerância à lactose em bebés, são elas:
- Deficiência congénita de lactase - anomalia genética grave e extremamente rara. (2, 3) Por norma é detectada poucos dias após o nascimento do bebé, que apresenta sinais de desidratação e malabsorção, comprometendo o desenvolvimento e ganho de peso do bebé e consequentemente a sua própria vida, caso não ocorra uma intervenção clínica atempada.(1) Caracteriza-se pelas baixas concentrações, ou mesmo inexistentes, da enzima lactase, responsável pela digestão da lactose em glicose e galactose. Quando tal não acontece, não é possível a absorção da lactose. (4-6)
- Galactosemia - é outra anomalia genética igualmente rara e grave(7) , que afecta a metabolização da galactose, um monossacárido, resultante da degradação da lactose, estando assim indiretamente relacionado com a intolerância à lactose e podendo apresentar diferentes graus de severidade. (8)
Na primeira situação e em muitos dos casos de galactosemia o bebé não poderá ser amamentado, tendo que se proceder à substituição do leite materno, devendo-se recorrer a fórmulas infantis sem lactose. (9)