Especialistas alertam para perigos da oferta de brinquedos com laser no Natal

20-12-2018

Na hora de escolher os brinquedos para os mais pequenos, muitas vezes a decisão recai nos que trazem mais funcionalidades, tecnologia, gadgets e luzes. E é neste último campo que os especialistas alertam para alguns cuidados a ter, porque nem todos os brinquedos são seguros para a saúde ocular das crianças. Sobretudo os que têm uma exteriorização de luz laser, podem causar danos e afetar a sua visão.

"Existem brinquedos com laser que têm um grande potencial de lesão ocular nas crianças e o número de acidentes causados por este tipo de brinquedos tem vindo a aumentar", refere Ana Vide Escada, médica oftalmologista da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia.

A especialista explica que "os mais pequenos não têm maturidade suficiente para entenderem que não devem olhar para a luz laser e pela curiosidade normal da idade podem mesmo apontá-lo diretamente (ou através da reflexão em espelhos) para os seus olhos, aumentando o tempo de exposição e a área atingida".

Além disso, o olho das crianças por ser mais transparente do que o dos adultos, traz um "risco superior de sofrerem lesões oculares, que podem ir desde períodos transitórios de turvação da visão até perda irreversível da acuidade visual".

Para tomar a decisão mais segura na escolha de um brinquedo que agrade à criança, mas que ao mesmo tempo não lhe cause problemas que venham a perturbar a sua visão, Ana Vide Escada aconselha a que os pais "estejam atentos às instruções nas caixas e aos manuais dos brinquedos, além de confirmarem se está descrito algum tipo de perigo para a saúde visual ou alguma restrição associada".

A médica oftalmologista aconselha ainda a não se comprarem "brinquedos com laser em vendas de rua não regulamentadas ou pela internet, pois estes não passam por qualquer barreira ou controlo de segurança e podem ter potências mil vezes superiores ao que seria o limiar de segurança apropriado".

Em caso de dúvida, é sempre conveniente recorrer a opinião especializada de um médico.