Educação. Turmas mais pequenas a partir de setembro


Ministério cumpre acordo negociado no ano passado com os parceiros de esquerda e alarga plano de redução do número de alunos por turmas a partir de setembro.

O Ministério da Educação vai avançar e reduzir o número de alunos por turma a partir de setembro. Isso significa que, no próximo ano letivo, as turmas do 1.º ao 4.º ano não podem ter mais de 24 alunos e as do 5.º ao 9.º ano têm os 28 como limite.

Esta era uma medida que já fazia parte das intenções do Governo. Em comunicado, o ministério anuncia que, a partir de 2018/2019, as escolas públicas voltam aos números anteriores a 2013, "operacionalizando-se desde o ano inicial de cada ciclo".

Recorde-se que a medida de redução do número de alunos por turma avançou já avançara neste ano letivo e abrangeu quase 200 mil alunos dos 1.º, 5.º, 7.º e 10.º anos em cerca de mil escolas integradas em Territórios Educativos de Intervenção Prioritária. O número máximo de alunos por turma baixou assim de 26 para 24 no 1.º ciclo e de 30 para 28 nos restantes anos dos restantes ciclos de ensino.