Disney lança projeto com clássicos para o Youtube


Os vídeos contarão os clássicos contos-de-fada da Disney, em cerca de 5 minutos, nas versões português e espanhol.

As mães que tiveram a infância embalada pelas histórias das Princesas Disney, agora terão mais um canal para apresentar a história das princesas às suas filhas. É bem verdade que quando a mãe é fã de uma personagem, a filha já a conhece desde pequena. Tenho, por exemplo, uma amiga que deu o nome de Aurora para a filha, em homenagem à sua princesa preferida: a Bela Adormecida.

Outro fator que faz com que esses contos-de fadas sejam conhecidos das crianças desde pequenas, é que os personagens da Disney são amplamente divulgados. Eles estão, é claro, nos canais que a marca tem na TV paga, também nos filmes e desenhos animados transmitidos pela TV aberta, no Youtube e na enxurrada de produtos e brinquedos que vemos todos os dias por aí. Não tem como escapar.

Mas para reforçar essa questão e ainda ajudar as mães a contar a história de suas personagens de contos-de fada preferidas, a Disney Brasil lançou um projeto que disponibiliza no canal do Youtube da Disney Junior Brasil, conteúdos especiais sobre 12 princesas. Os vídeos, bastante dinâmicos, contarão os clássicos contos-de-fada da Disney, em cerca de 5 minutos. A previsão é de que o projeto dure seis meses, tendo mensalmente a divulgação de dois vídeos especiais.

As histórias terão como objetivo principal ressaltar as maiores características das personagens, para gerar identificação e inspirar as crianças. Elas poderão conhecer ou saber mais sobre a vida de Ariel, Aurora, Moana, Cinderela e outras, conforme o calendário abaixo:

OUTUBRO: Moana e Mulan

NOVEMBRO: Rapunzel e A Bela Adormecida

DEZEMBRO: Cinderela e Pocahontas

JANEIRO: A Bela e a Fera e Valente

FEVEREIRO: Aladdin e A Princesa e o Sapo.

Os vídeos da Pequena Sereia e da Branca de neve já estão disponíveis. Eles contam com uma narração especial, que é divertida, leve e atual, e podem ser assistidos em português ou espanhol. Dá uma olhada: