Como escolher a melhor chupeta para o meu filho?

24-11-2018

Não é muito fácil responder a essa questão, porque as opções são bastante variadas, mas há 2 aspectos importantes a ter em conta:

- Forma - O ideal é tentar que os bebés usem as chamadas chupetas anatómicas ou ortodônticas. Têm um formato mais achatado, o que acarreta a vantagem de deformar menos a arcada dentária.

- Material - Existem dois tipos de chupetas, as de látex e as de silicone. As primeiras são mais moles e resistentes às "trincas", mas menos resistentes à sucção. As segundas são mais duras e têm um padrão de resistência inverso, aguentando melhor a sucção, mas sendo mais sensíveis ao efeito dos dentes. De um modo geral, as chupetas de silicone acabam por ser mais higiénicas, pois prendem menos impurezas à superfície, o que deve também ser tido em conta.

Posto isto, pode-se dizer que estes são os princípios gerais, mas no fundo a melhor chupeta acaba por ser mesmo a que o bebé gostar mais, porque essa adaptação é que vai ditar qual a chupeta a escolher.
No entanto, independentemente do que escolher, é importante reforçar a ideia de que as chupetas devem se substituídas a cada 3-4 meses para evitar a sua degradação.

Autoria: Hugo Rodrigues | pediatriaparatodos.com