Alimentos que estimulam o sistema imunitário das crianças

Dias frios trazem mais constipações, gripes, nariz entupido, tosse e faltas à escola. Saiba como aumentar a eficácia das defesas naturais do organismo das crianças com a alimentação.

Para além dos cuidados mais generalizados de lavagem frequente das mãos para desinfetar, proteger a boca e nariz quando se tosse ou espirra, vestir camadas extra de roupa para proteger do frio e manter bons níveis de hidratação, a alimentação cuidada das crianças pode ter um papel crucial na manutenção de um sistema imunitário funcional, que defenda os pequeninos nesta época do ano em que estão mais fragilizados e mais suscetíveis de adoecerem.

Uma alimentação natural e muito colorida, com fruta e legumes em porções adequadas, crus ou cozinhados de maneira a não desperdiçar os seus nutrientes, como cozinhados a vapor, em sopas ou em estufados, fornece doses extras de substâncias com poderes antioxidantes (betacarotenos, vitamina C e vitamina E) que ajudam a combater infeções e a estimular o sistema imunitário. Fontes alimentares de vitaminas C e E estão descritas em alguns estudos como importantes para a diminuição da prevalência de sintomas de asma.