11 frases que mostram que o seu filho está ansioso


A dificuldade de comunicação entre pais e filhos é uma das origens dos problemas de comportamento de crianças e adolescentes. O que eles dizem e fazem pode revelar um acumular de stress e ansiedade cada vez mais presentes na geração da tecnologia e redes sociais. Se o seu filho disser constantemente alguma destas 11 frases, pense duas vezes antes de o reprimir e procure saber o que realmente se passa.

Quando somos crianças, temos dificuldade em expressar o que sentimos de forma coerente e racional. Muitas vezes, as chamadas «birras» dos mais novos são uma tentativa desesperada de dizer alguma coisa ou marcar uma posição.

A pressão do crescimento, do ambiente familiar, da escola, da própria perceção do mundo que ainda está em formação é, por vezes, um peso e pode transformar-se em picos de ansiedade e stress.

A maioria dos pais tende a encarar estes momentos como «dores de crescimento», mas é preciso estar atento aos sinais.

Leonor Baeta Neves, psicóloga na área de desenvolvimento infantil, garante que «depende do modo como comunica com os pais. Para mim é o ponto mais importante, saber 'ouvir' uma criança, dar-lhe espaço para falar e tempo para se explicar. Uma dor de cabeça, de barriga ou sem motivo óbvio é um modo de se queixar de outras coisas.»

Não desvalorize certos comportamentos dos seus filhos. Podem ser um pedido de ajuda

  1. Não me deixes sozinho.
  2. Podemos ficar em casa?
  3. Quero ir para casa agora.
  4. O que há de errado comigo?
  5. Desculpa.
  6. Não me sinto bem.
  7. Não gosto do meu corpo.
  8. Não quero ir para a escola.
  9. Dói-me muito a cabeça.
  10. Estou cansado.