A partir de que idade podemos dar mel às crianças?

08-05-2018

A mamã que ainda não ouviu falar de botox que levante a mão! Digam lá se não dava jeito apagar uma outra ruguita? Já aquele efeito de cara tipo mausoléu é que não calha nada a preceito... É que o botox é produzido a partir de uma neurotoxina, de uma bactéria chamada Clostridium botulinum e um dos efeitos, para além de tirar as malfadadas rugas, é paralisar temporariamente os músculos. Ó Sandra, acho que avariaste de vez, então o artigo não é sobre o mel?? 

Calma, já lá vou! Esta bactéria, embora faça milagres pela estética, é responsável pelo botulismo, uma doença neuroparalisante grave e rara. Existem 5 formas diferentes de botulismo mas por razões óbvias vou focar-me no botulismo infantil, que surge após a ingestão de esporos desta bactéria, que germinam e formam toxinas no intestino de crianças com menos de 1 a 2 anos de idade.

Ora, o mel é um reconhecido veículo de esporos de C. botulinum e, pelas suas características, não pode sofrer tratamentos térmicos, capazes de os destruir. Também as folhas da camomila (entre outras ervas) podem ser contaminadas por esta bactéria e a água usada para preparar esta e outras infusões, habitualmente chamadas de "chá", não destrói os esporos de Clostridium e pode inclusivamente activar a sua germinação.

Tendo em conta que em muitos países o mel é usado na chupeta do bebé para os acalmar e que estamos no pico das gripes, onde o recurso a este alimento é muitas vezes sugerido, torna-se importante alertar para os perigos da sua introdução precoce. Ainda: é frequente encontrarem-se conselhos, quer em livros, revistas, sites da internet e grupos de facebook dirigidos a mamãs, no sentido de darem chá de camomila aos seus bebés para acalmarem as suas cólicas infantis ou as insuportáveis dores de dentes. Esta desinformação pode contribuir para aumentar o número de crianças em situações de risco. Por isso é importante considerarem que, não devem dar a crianças com idade inferior a 2 anos, mel e infusões de ervas não indicadas para a alimentação infantil.

Autoria: Sandra Santos - Papinhas da Xica [artigo completo]